Consultoria Ambiental

Unidades de Conservação (UC)

Umas das ferramentas que mais ajudam na preservação do meio ambiente é a delimitação de espaços territoriais especialmente protegidos. Como exemplo desses espaços temos as Unidades de Conservação – UC. 

As UCs foram instituídas pela Lei 9.985 de 2000 que criaram o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza, conhecidas como (SNUC).

Conheça também as Áreas de Preservação Permanente – APP dadas pelo Código Florestal.

As Unidades de Conservação dividem-se em dois grupos, as de proteção integral e de uso sustentável, conforme descrito abaixo:

Unidades de Proteção Integral:  possuem regras e normas mais restritivas, onde é permitido apenas o uso indireto dos recursos naturais; ou seja, aquele que não envolve consumo, coleta ou dano aos recursos naturais.  Como exemplos dessas de atividades de uso indireto temos a recreação, turismo ecológico, pesquisa científica, educação ambiental, entre outras.

Já as Unidades de Uso Sustentável são áreas que visam conciliar a conservação da natureza com o uso sustentável dos recursos naturais. Nesse grupo, atividades que envolvem coleta e uso dos recursos naturais são permitidas, mas desde que praticadas de uma forma a garantir a sua perenidade 

Cada tipo de unidade possui subdivisões que possuem características próprias. Para conhecer mais sobre as áreas protegidas acesse o site do Ministério do Meio Ambiente aqui. Nessa matéria não irei abordá-las, pois quero focar na sua relevância para a preservação do meio ambiente. 

Você sabia que o Brasil possui espécies endêmicas de plantas e animais?

E várias dessas espécies endêmicas ocorrem dentro de Unidades de Conservação. Caso não tivéssemos a proteção dessas áreas, o uso do recursos naturais e o avanço das regiões urbanas, poderia colocar em risco a sobrevivência de vários animais e plantas. Além disso, as UC possuem paisagens maravilhosas, e muitas delas podem ser usufruídas para o lazer e a recreação, com diferentes atrativos como trilhas, cachoeiras, cavernas, além de monumentos naturais, históricos e culturais.

Esses espaços constroem a nossa concepção do que é um meio ambiente preservado e rico, bem como são utilizados no desenvolvimento de ações de Educação Ambiental. 

Desta forma, vemos que as Unidades de Conservação são um patrimônio comum. Preservar e valorizar essas áreas é de fundamental para a manutenção da qualidade de vida de todos nós.

Entenda as diferenças entre Unidades de Conservação (UC) e Áreas de Preservação Permanente (APP) no nosso Canal no YouTube – Valor Ambiental 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× No que podemos te ajudar?