fbpx
AVALIAÇÃO DE IMPACTO AMBIENTAL

Nesta matéria, vamos abordar dois instrumentos da Política Nacional de Meio Ambiente (PNMA) – Lei Federal n° 6.938/81, que são mecanismos utilizados pela administração pública para que os objetivos da PNMA (art. 4º) sejam alcançados: o Licenciamento Ambiental e a Avaliação de Impacto Ambiental (AIA).

O Licenciamento Ambiental é o processo administrativo que formaliza as condições e medidas de controle ambiental a serem seguidas pelo empreendedor e a Avaliação de Impacto Ambiental é a ferramenta utilizada para antecipar e/ou prevenir os efeitos negativos da implantação e operação de um empreendimento ou atividade.

Quando se propõe um empreendimento, a primeira dúvida que surge é sobre quem consultar para se obter a devida licença ambiental. A competência do licenciamento é distribuída entre a União, os Estados e Municípios e a definição das ações de cooperação executadas pelos órgãos é dada pela Lei Complementar n° 140/11.

Os critérios e tipos de atividades e de empreendimentos sujeitos ao licenciamento ambiental no Ibama, órgão executor de competência da União, são definidos no Decreto Federal n° 8.437/15.

A aplicabilidade do instrumento de AIA é dada com a elaboração de estudos ambientais que subsidiam os processos de licenciamento e autorizações para intervenção de empreendimentos e atividades junto ao Ibama, sendo estes:

  • Licença Prévia (LP);
  • Licença de Instalação (LI); e
  • Licença de Operação (LO).

Já os estudos ambientais que podem ser solicitados pelo Ibama em cada uma das fases são:

  • Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e Relatório de Impacto Ambiental (RIMA);
  • Relatório Ambiental Simplificado (RAS);
  • Relatório de Detalhamento dos Programas Ambientais (RDPA);
  • Relatório de Controle Ambiental (RCA);
  • Projeto Básico Ambiental (PBA);
  • Plano de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD);
  • Plano de Controle Ambiental (PCA);
  • Plano Ambiental de Conservação e Uso do Entorno de Reservatório Artificial (Pacuera); e
  • Relatório de Desempenho Ambiental do Empreendimento.

O enquadramento e a definição dos estudos necessários, bem como, o suporte na abertura dos processos de solicitação das licenças e/ou autorizações ambientais, é o trabalho que uma consultoria ambiental especializada pode ajudar o empreendedor. Entenda mais sobre o Estudo de Impacto Ambiental (EIA/RIMA) aqui.

A RAÍZCON elabora o Estudo de Viabilidade Ambiental, onde o empreendedor terá ciência das exigências ambientais que deverão ser atendidas durante todas as etapas da atividade e para que a legislação aplicável seja seguida de forma a respaldar o empreendedor e garantir a segurança jurídica da marca, bem como a agilidade no processo, dada pelo time nas diversas temáticas ambientais.

Esta matéria é uma parte inicial de uma série, onde serão abordados os procedimentos de licenciamento ambiental do Brasil, à nível Federal, Distrital e dos 26 Estados, trazendo as particularidades de cada uma destas competências, buscando facilitar a compreensão para o empreendedor sobre os possíveis caminhos do licenciamento ambiental e da avaliação de impacto ambiental de seu futuro empreendimento.

Acompanhe as redes sociais para não ficar de fora e caso precise de ajuda com a área de meio ambiente, não hesite em nos contatar, será um prazer ajudar.

Não deixe de compartilhar!

Joyce Tchmola

Engenheira Ambiental e Urbana, Engenheira de Segurança do Trabalho e Especialista em Direito e Gestão Ambiental.
Atualmente, coordena projetos junto com o time multidisciplinar da RAÍZCON, em áreas de avaliação estratégica ambiental para implantação de empreendimentos, licenciamento ambiental, auditorias e gerenciamento de áreas contaminadas em todo o Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *